+55 51 3336.0890
  Av.Ipiranga, 6690 Centro Clínico da PUC - 3º andar - Sala 302

Avaliação e preparo pré-operatório Multidisciplinar para Cirurgia Bariátrica

A maior parte dos pacientes que são encaminhados para realizar cirurgia Bariátrica já fizeram inúmeros tratamentos prévios, alguns adequados e com resultados variados e outros “milagrosos” e até prejudiciais à saúde. Quando o paciente busca a equipe de Cirurgia Bariátrica, geralmente já está “cansado” de fazer dietas e tratamentos para emagrecer, já apresenta alguns problemas de saúde que limitam sua vida e deseja operar com a maior brevidade possível.

A Cirurgia Bariátrica é um procedimento eletivo, ou seja, não é uma cirurgia de urgência ou realizada na vigência de um risco iminente de vida. O preparo pré-operatório é fundamental tanto para reduzir risco cirúrgico quanto para orientar, educar e preparar física e emocionalmente o paciente para as mudanças que o organismo dele irá sofrer e que serão para o resto da vida.

Na Equipe Multidisciplinar o paciente será avaliado pelo Cirurgião Bariátrico que explicará os riscos e benefícios do procedimento e decidirá qual a técnica cirúrgica mais indicada para o paciente. Também será avaliado por um clínico ou endocrinologista que avaliará as comorbidades apresentadas pelo paciente e otimizará os tratamentos para reduzir ao máximo os riscos operatórios. O paciente será avaliado pelo nutricionista que irá auxiliar o paciente na mudança de hábitos alimentares desde o pré-operatório para que a dieta seja saudável, rica em nutrientes e de baixo valor calórico. Deverá também ser submetido à avaliação e acompanhamento psicológico e/ou psiquiátrico para ajudar a compreender melhor as dificuldades e limitações que poderão ocorrer antes e após a cirurgia e dar suporte para o paciente e seus familiares. Além destas avaliações básicas e indispensáveis, pode-se também incluir avaliações com diversos outros profissionais, tais como cardiologista, gastroenterologista, pneumologista, anestesista, fisioterapeuta, enfermeiro, fonoaudiólogo, odontólogo, educador físico, assistente social, entre outros.

Na avaliação pré-operatória serão realizados diversos exames complementares para avaliação de risco cirúrgico e, se necessário, tratamento. São feitos exames laboratoriais, ecografia abdominal, Raio-X de tórax, eletrocardiograma, Endoscopia digestiva alta, além de outros exames que poderão ser necessários dependendo das comorbidades que o paciente apresenta.

Os pacientes devem participar de reuniões preparatórias que são uma espécie de palestras realizada pelos membros da Equipe e que permitem debate entre pacientes em preparo para cirurgia, pacientes já operados e membros da Equipe multidisciplinar. Estas reuniões, aqui no COM, ocorrem duas vezes por mês e são extremamente úteis para esclarecimentos de dúvidas e interação.

Independente da técnica utilizada, todas as cirurgias levam a uma grande perda de peso, que é mais intensa nos primeiros 6 meses de pós-operatório e tende a estabilizar após 12-24 meses. O seguimento com a Equipe no pós-operatório é fundamental para que os resultados obtidos sejam os melhores possíveis e que se tenha o mínimo de complicações. Todo o paciente submetido à Cirurgia Bariátrica terá que repor diversos nutrientes e vitaminas que o organismo passa a não conseguir absorver dos alimentos ou absorve apenas parcialmente. Estas reposições, até prova em contrário, serão por toda a vida.

Resumindo quanto melhor for feito o preparo pré-operatório menor o risco de complicações cirúrgicas a curto e longo prazo, melhor o entendimento do paciente e de seus familiares a respeito das mudanças e resultados pós-operatórios e melhor adesão as mudanças de estilo de vida a longo prazo.

 

Dra Jacqueline Rizzolli

Endocrinologista do Centro de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS.

Membro da Diretoria da ABESO, gestão 2019-2020.